Inteligência Artificial: como adotar a IA para otimizar sua operação de TI

Inteligência Artificial: como adotar a IA para otimizar sua operação de TI

É preciso fazer um levantamento das necessidades e estudar cases de sucesso.

 

Que a Inteligência Artificial (IA) está cada vez mais presente nas empresas, não há dúvidas. Atualmente, até mesmo para receber informações da compra de um produto de uma companhia do varejo, primeiramente, você será atendido por um chatbot (robô) projetado para responder às suas primeiras necessidades. “Isso reduz o número de funcionários e esses robôs vão, ao longo do tempo, aprendendo novas coisas e, com isso, seu vocabulário vai aumentando”, explica Pollyana Notargiacomo, professora da Faculdade de Computação e Informática da Universidade Presbiteriana Mackenzie, destacando apenas um exemplo de como a IA já faz parte da nossa vida.

 

Como parte da estratégia da Indústria 4.0, para avançar em termos de desenvolvimento, as empresas precisam buscar alternativas de escalabilidade, aumento de produtividade e redução de custos. A Inteligência Artificial, quando utilizada de maneira correta, garante melhorias nestes três aspectos – mas não só neles. “As empresas têm uma vantagem no uso de IA por uma série de coisas. Para vendas, atendimento, análise de mercado, análise de tendência. Para vendas, por exemplo: toda vez que você faz uma compra e deixa um rastro, muitas vezes, você já recebe alguma outra oferta que talvez te interesse, isso porque a partir das informações que a empresa vai coletando, ela recebe uma massa de dados que permite que seja analisado o seu comportamento, e cada vez mais o algoritmo ajuda a aperfeiçoar”, explica a representante do Mackenzie.

 

Vantagens da solução em Inteligência Artificial


O uso de Inteligência Artificial proporciona, entre diversas coisas, a organização e a análise dos dados dos seus clientes. Para uma companhia, contar com essa premissa para se manter competitiva no mercado já se tornou uma necessidade. “As soluções em  IA auxiliam no crescimento da operação global. Você pode ter uma multinacional dos dados, entender porque um produto vende mais do que outro em determinadas regiões, que solução funcionou em determinados períodos, etc.”, destaca Pollyana.


Outro aspecto importante é que, ao começar a trabalhar com esse tipo de sistema, é importante considerar qual será a infraestrutura utilizada para hospedagem e/ou armazenagem destes dados. “Muitas dessas operações de IA podem ser colocadas na nuvem e isso reduz custos com servidor”, orienta a professora.


Logo, é possível concluir que as soluções digitais podem aumentar o rendimento da empresa, independente do seu porte. Os processos podem ser analisados e trazer previsões de melhorias ou, até mesmo, atuar de forma preventiva, evitando que ocorra algum tipo de erro que gere prejuízos para a operação da companhia. 


No âmbito das áreas, vale destacar que esse tipo de solução chega para substituir tarefas repetitivas, fazendo com que as áreas de TI tenham seu tempo otimizado para ser utilizado em tarefas que envolvam um grau maior de complexidade e estratégia. Hoje, o chatbot, por exemplo, já substitui alguns profissionais, atuando também no fomento da redução de custos. “Aliás, com a questão da pandemia, o uso de chatbot aumentou porque muitas empresas passaram a não ter condições de atuar, como call centers, e aceleraram a utilização dessa solução”, reforça a docente do Mackenzie.

 

Dicas para adotar o uso de Inteligência Artificial

 

  1. Analise a infraestrutura de uso: onde esses dados serão armazenados? Essa é uma pergunta que precisa de uma resposta bastante analisada. “O que mais tem valor hoje em dia são os dados, então, a questão da segurança de dados e de internet é um dos elementos fundamentais a ser considerado”, reforça Pollyana. Outro ponto importante envolve o processamento, para reduzir custos e dispor de uma infraestrutura tecnológica que apresente segurança e armazenagem, é interessante analisar o uso da nuvem. 

 

  1. Faça uma análise dos seus custos: começar a implementar a Inteligência Artificial é uma ação que já faz parte da realidade de muitas companhias e também do desenvolvimento, inclusive, da indústria 4.0 no país. No entanto, antes de embarcar nessa jornada, é preciso analisar a viabilidade dessa implementação. Isso significa olhar para seus custos internos, elaborar comparativos, entender a demanda de implementação que se deve ter e, por final, mensurar os custos financeiros. Não se pode esquecer de analisar também os custos indiretos que podem ser reduzidos ao contar com uma estratégia de IA.

 

  1. Estude os casos de sucesso da área: uma estratégia que não pode ser desconsiderada é a análise de casos de sucesso da área em que você atua. Varejo, telefonia, turismo etc, várias dessas áreas já implementaram estratégias de IA com seus times de TI. Vale estudar como elas funcionam e também se deram certo para o desenvolvimento do seu setor. 

onlinedatacloud

Compartilhe isso: